Flores no Prato por Fernanda Botelho – 24 de Março 2018

Flores no Prato por Fernanda Botelho – 24 de Março 2018

As flores comestíveis servem não apenas para adornar e embelezar qualquer prato mas também para confecionar doces e geleias, bolos, bolachas, scones, bebidasmousses, saladas de frutas ou saladas verdes, molhos doces e salgados, enfim tudo o que a sua criatividade lhe permitir.

 

O seu cultivo varia de espécie para espécie, tal como qualquer outra planta ornamental.

 

E aqui vos deixo uma lista de flores que se podem comer:

 

amores-perfeitos (Viola tricolor), violetas (Viola odorata), rosas, borragens, flor de cebolinho, alho oriental,

 

alho-social, onagra, brincos-de-princesa, cosmos, cravinas, chagas ou capuchinhas, calêndulas, flores de funcho,

 

flores de coentros, flores de camomila, flores das Rosáceas e das Crucíferas, malvas, abutilons,

 

margaridas (Bellis perenis), pétalas de girassóis, primaveras, madressilvas, flores de trevo, dente-de-leão,

 

flor-de-sabugueiro, flores de salva ananás (Salvia elegans), Salvia officinalis, Salvia microfila, Salvia sclarea,

 

flores de alecrim, alfazemas  e tomilhos, as aromáticas flores da malva-rosa, jasmim, centáureas…

 

Não se comem aquilégias nem as flores da família das  Convolvuláceas a que pertencem a corriola ou a ipomeia também conhecida por glória-da-manhã,  nem a flor da  batata-doce nem  as Solanáceas, família a que pertencem as batatas, as beringelas, os tomateiros ou as fisális.

 

Fernanda Botelho, Originalmente publicado no Portal do Jardim

 

Gostaria de saber mais sobre:

  • Que flores se podem comer?
  • Como plantá-las?
  • Como colhê-las e conservá-las?
  • Como confecioná-las e degustá-las?
  • Usos terapêuticos das Flores

 

Inscreva-se no próximo Workshop da Fernanda Botelho aqui na quinta dia 24 de Março (15h-18h).

 

Restam 5 vagas ao preço promocional.

 

Inscrição*: 23€ (19€ até dia 25 de Fevereiro)

*válida após confirmação do pagamento

 

Clique aqui para se inscrever agora (as vagas geralmente esgotam). 

 

Biografia
Fernanda Botelho nasce na Tojeira, Sintra, e aos 17 anos viaja para Londres, onde inicia e conclui a formação como educadora no método Montessori.
Na capital inglesa, estuda ainda pedagogia Waldorf e fotografia, realizando cursos sobre plantas medicinais. Membro da Herb Society UK desde 1997, regressa a Portugal aos 37 anos e desenvolve projetos de educação ambiental junto de escolas, de associações culturais e de câmaras municipais.
Autora do blogue Malva Silvestre, estuda literatura infantil com António Torrado e Margarida Fonseca Santos. Para além dos livros infantis publicados recomendados pelo PNL publica As Plantas e a Saúde, um guia de remédios caseiros, já na segunda edição, recentemente Uma Mão Cheia de Plantas que curam e 7 agendas anuais desde 2010 sobre plantas e flores.
No seu jardim, partilha os dias com plantas medicinais espontâneas e cultivadas, um enorme sabugueiro, uma velha figueira, muitos pássaros e alguns gatos.
 
Para saber mais sobre a Fernanda Botelho: http://malvasilvestre.blogspot.pt/

 

 

 

O que disseram os participantes nos últimos workshops da quinta:
 
Cosmética Natural 2017:
 
88% deu pontuação 5 / 5 pontos à formação
 
100% deu pontuação 5 / 5 pontos ao almoço
 
“Foi muito agradável conhecer a Quinta e voltarei”
 
“Adorei o espaço e adorei as pessoas que dele fazem parte. Eternamente grata, bem-hajam.”
 
“Façam mais workshops!!!”
 
 
Plantas, Sementes e Raízes de Outono 2017:
 
75% deu pontuação 5 / 5 pontos à formação
 
25% deu pontuação 4 / 5 pontos à formação
 
“Adorei o workshop!
Foi muito bom poder aprender e partilhar conhecimentos, num ambiente tão acolhedor.
Obrigada à Fernanda Botelho e à Quinta da Caria por esta fantástica experiência.
Até à próxima.”
 
“Gostei muito!
É sempre um gosto assistir aos workshops da Fernanda e, fomos recebidos com enorme simpatia por todos na quinta. Parabéns”

 

Curso Poda 2018:
 

4.6 / 5 pontuação média na avaliação da competência do formador

4.5 / 5 pontuação média na avaliação do acolhimento do staff

4.4 / 5 pontuação média na avaliação da componente prática e como evitar os erros mais comuns

 
Tito Jose Conceicao: 5 estrelas – “Muito bom quer da parte das pessoas da quinta e do formador que explicou varias formas de poda e outras duvidas quer na parte prática ou teórica aconselho.”
 
“Muito obrigada”
 
“Com simplicidade mostraram a eficiência. Gostei.”

 

 

Fique atento aos eventos da Festa da Primavera 2018 (3ª edição) no próximo mês de Março:

 

III Aniversário da Quinta Pedagógica da Caria

Feira do Livro Sustentável IIª edição (Fevereiro a Março)

-Workshops de Horticultura Biológica (3 Mar), e de Cosmética Natural e Saboaria (10 Mar)

Curso de Enxertia (17 Mar) e Workshops de Comida Biológica e Saudável (24 Mar)

-Visitas Guiadas e Música para Pais e Bebés ou Crianças até 5 anos (31 Mar)

 

 

 

 

 

 

Clique aqui para se inscrever agora (as vagas geralmente esgotam). 

 

 

 

ABOUT AUTHOR

Edite - Quinta Pedagógica da Caria

Edite - Quinta Pedagógica da Caria

Olá, sou a Edite! Decidi voltar à terra e conjugar experiências profissionais em educação, turismo, serviços e eventos, para abraçar a ideia de implementar um espaço amigo das pessoas e do ambiente.